A agência de notação financeira Moody's reviu esta quinta-feira em alta o 'rating' de crédito do Novo Banco, considerando que houve uma melhoria dos seus fundamentais creditícios relativamente aos do BES, o seu antecessor.

Em causa está o 'baseline credit assessment' (BCA), isto é, a qualidade de crédito de uma instituição financeira por si só, sem contar com eventuais ajudas de Estado, tendo este 'rating' do Novo Banco melhorado de 'ca' para 'caa2'.

Já os 'ratings' relativos aos depósitos de longo prazo ('B2') e da dívida sénior ('B3') foram colocados sob revisão com direção "incerta", anunciou a Moody's, que justificou que estas ações refletem a sua avaliação ao perfil de crédito do Novo Banco.

O Novo Banco é a entidade de transição criada no seguimento da intervenção do Banco de Portugal no antigo Banco Espírito Santo (BES), no verão de 2014.