O indicador de sentimento económico (ISE) para Portugal melhorou em março, depois de um recuo em fevereiro, mantendo-se abaixo da média dos países da União Europeia (UE), anunciou esta sexta-feira a Comissão Europeia.

Em Portugal, o indicador passou de 98,6 pontos em fevereiro para 100,4 em março.

Assim, o ISE para Portugal ultrapassou o valor médio de longo prazo (100) pela primeira vez desde junho de 2008, quando chegou aos 100,2, anunciou ainda a Comissão Europeia.

Na zona euro, o ISE cresceu 1,2 pontos na zona euro para os 102,4, enquanto no conjunto dos 28 Estados-membros, melhorou 0,3 para os 105,3.

O indicador de sentimento económico calculado pela Direção-geral de Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia mede a confiança e as expectativas dos consumidores e empresas quanto à economia.