A inflação em Espanha caiu 0,2% em setembro, face a agosto, baixando 1,2 pontos em termos anuais para 0,3%, segundo o indicador avançado do Índice de Preços de Consumo (IPC) publicado hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol.

Segundo o INE, a correção anual deve-se, especialmente, ao efeito do aumento do IVA que entrou em vigor em setembro de 2012 ¿ de 18% para 21% na taxa máxima ¿ o que empurrou a inflação para 3,4% há um ano.

Por isso, refere o INE, a queda anual de 1,2 pontos percentuais «deveu-se principalmente ao aumento generalizado de preços» registado em setembro do ano passado (por causa do IVA) e à descida dos preços dos alimentos e bebidas não alcoólicas este mês.

Com a queda de setembro, que terá que ser ainda confirmada pelos valores definitivos a conhecer em outubro, o IPC acumula três meses consecutivos em queda, alcançando o seu nível mais baixo desde novembro de 2009.