A taxa de desemprego na Alemanha manteve-se inalterada em 6,8% em fevereiro pelo terceiro mês consecutivo, segundo dados corrigidos das variações sazonais hoje publicados pela Agência para o Emprego alemã.

Além da estabilização da taxa em fevereiro, que saiu em linha com as estimativas dos analistas, o número de desempregados voltou a descer. Os dados corrigidos indicam que o número de desempregados diminuiu ligeiramente menos que o esperado, ao cair 14.000 em vez de 15.000.

Em janeiro, o decréscimo do número de desempregados foi de 28.000.

«O mercado de trabalho evoluiu favoravelmente em fevereiro», referiu num comunicado o presidente da Agência para o Emprego alemã, Frank-Jurgen Weise.

Em dados brutos, menos seguidos pelos analistas, a taxa de desemprego manteve-se estável em fevereiro face a janeiro, ao atingir 7,3%, mas o número de desempregados aumentou cerca de 2.000 para 3,14 milhões de desempregados no país.