A energética francesa Engie está a ponderar lançar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a EDP Renováveis, no valor de 7,3 mil milhões de euros, segundo a agência Bloomberg, que cita dias fontes anónimas conhecedoras do processo.

Esta oferta, a acontecer, junta-se à da China Three Gorges, que tem em processo uma OPA sobre a EDP (que tem a maioria do capital da EDP Renováveis) e outra OPA sobre a EDP Renováveis (esta última está dependente do sucesso da primeira).

Em abril, o canal francês BFM Business, citando fontes próximas da Engie, tinha dito que o segundo maior grupo energético mundial estava interessado na aquisição da EDP.

Então, o presidente executivo da elétrica, António Mexia, afirmou que não havia quaisquer contactos ou negociações com a francesa Engie com vista a “operações de consolidação”.

A eventual operação agora avançada pela Bloomberg diz apenas respeito à EDP Renováveis.

Segundo a Bloomberg, a empresa francesa está sobretudo interessada nos ativos da EDP Renováveis nos Estados Unidos da América mas admite fazer uma oferta por toda a empresa.

As ações da EDP Renováveis fecharam hoje a subir 0,48% para 8,37 euros.