As receitas fiscais com a exportação de petróleo angolano aumentaram 43% entre março e abril, para 102,2 mil milhões de kwanzas, quase 550 milhões de euros. Uma recuperação influenciada pela subida da cotação do barril de crude.

De acordo com dados do Ministério das Finanças compilados pela agência Lusa, Angola exportou 56.313.869 barris de petróleo em abril, a um preço médio de 36,578 dólares. No total, as vendas globais alcançaram mais de dois mil milhões de dólares (1,8 mil milhões de euros) num mês. Em março, a cotação média estava nos 30,441 dólares.

Só a concessionária estatal angolana Sonangol entregou quase 350 milhões de euros em receitas fiscais da exportação de crude, o valor mensal mais alto do ano e que cresceu 40% face a março.

As receitas fiscais geradas pela exportação de crude aumentaram de 45.722 milhões de kwanzas (245,8 milhões de euros), em março, para 65.015 milhões de kwanzas (349,5 milhões de euros), em abril.