A Pousada da Juventude de Celorico de Basto vai iniciar em novembro a atividade com uma oferta de 30 camas, ocupando dois edifícios da antiga estação ferroviária, avançou à Lusa o presidente da câmara.

Joaquim Mota e Silva prometeu que, no final deste ano, ou princípio do próximo, entrarão em funcionamento mais cerca de duas dezenas de camas, que ocuparão o edifício que alojava os funcionários ferroviários. Aquele imóvel vai ser recuperado, nas próximas semanas, pela autarquia, num investimento de cerca de 70.000 euros.

A parte já pronta comporta o antigo edifício principal da estação, cuja recuperação foi concluída há cerca de dois anos, e o hangar agora requalificado, num investimento de 40.000 euros.

A pousada da juventude, a 41ª da rede nacional, localiza-se junto à ecopista do Tâmega (a segunda mais extensa do país), que aproveitou o canal da antiga via-férrea e que liga os concelhos de Amarante, Celorico de Basto e Cabeceiras de Basto.

O equipamento vai ser gerido pela autarquia, como ficou acordado num protocolo assinado hoje naquela vila com a Movijovem, entidade que gere a rede nacional de pousadas da juventude, sob tutela da Secretaria de Estado da Juventude.

O acordo prevê que o município entregue 15% das receitas àquela entidade nacional.

O presidente da câmara mostrou-se hoje confiante no sucesso da gestão municipal, recordando que a autarquia já tem experiência no trabalho que desenvolve no parque de campismo e outros equipamentos.

"Com custos baixos e despesas inteligentes, somos capazes de ter um serviço de alta qualidade, que consiga atrair e fidelizar as pessoas que vêm a Celorico de Basto", comentou, em declarações à Lusa, prometendo "maximizar os recursos humanos da autarquia".

O presidente da câmara espera que o novo equipamento atraia mais gente ao concelho, o que, destacou, terá reflexos positivos na economia local e no emprego.

O secretário de Estado do Desporto, Emídio Guerreiro, assistiu à assinatura do protocolo realizada no novo auditório da biblioteca municipal, recentemente inaugurado.

À Lusa, o governante sublinhou que Celorico de Basto é o quinto município do país a assumir a gestão de uma pousada da juventude, no âmbito do novo modelo adotado pelo Governo, que permite concessionar aqueles equipamentos hoteleiros a entidades externas.

Outras cinco pousadas estão a ser geridas por parceiros privados, de acordo com as regras e preçários fixados pela tutela, o que ocorre também com os municípios.