A companhia aérea francesa Air France anunciou hoje um novo plano de saídas voluntárias a partir de 15 de fevereiro, com vista à redução de 800 postos de trabalho.

Em comunicado divulgado no final da reunião da administração da transportadora aérea, e citado pela agência France Presse, nota a Lusa, a Air France informou que será apresentado na primeira quinzena de fevereiro o seu plano de «saídas» voluntárias que afetará 800 funcionários.

Segundo a administração da companhia, apesar de a Air France poder beneficiar este ano do abrandamento dos preços dos combustíveis, bem como do impacto da aplicação do seu plano de contenção de despesa [Transform 2015], há outros elementos negativos que justificam esta medida.

Neste sentido, a Air France assinala que à semelhança do que já havia anunciado no passado mês de dezembro, o grupo “enfrenta uma deterioração das receitas desde o verão de 2014”, pelo que necessita de pôr em marcha “medidas complementares”.

A companhia aérea francesa, que pertence ao grupo Air France-KLM, através do seu sócio holandês, já suprimiu cerca de 8.000 postos de trabalho desde 2012, nomeadamente, através de rescisões amigáveis e de pedidos de reforma antecipada.