O complemento solidário foi atribuído a 165.935 idosos em novembro, menos 402 face a outubro, uma descida de 0,2%, segundo as estatísticas do Instituto da Segurança Social (ISS).

No que diz respeito ao período homólogo, registou-se um aumento de 6.144 beneficiários, representando um crescimento de 3,8 por cento.

As mulheres continuam a ser a maioria dos beneficiários, havendo 116.605, contra 49.330 homens.

A maior parte dos idosos reside no distrito do Porto (27.431), seguido de Lisboa (24.606) e Braga (12.279).

Os dados relativos às pensões de velhice indicam que foram pagas 2.037.514 em novembro, mais 1.459 do que em outubro de 2017. Considerando o mês homólogo, houve um aumento de 0,2%, com a entrega de mais 4.600 pensões de velhice.

A maioria das pensões (53%) foi atribuída a mulheres, indicam as estatísticas publicadas no site do Instituto da Segurança Social.

Ainda de acordo com os dados, baixou o número de pensões de invalidez atribuídas em novembro, situando-se nas 231.164, menos 454 pensões (-0,2%) quando comparado com outubro.

Face a novembro do ano anterior, foram concedidas menos 9.104 pensões de invalidez, traduzindo-se numa redução de 3,8 por cento.

No total de pensões de invalidez, foram processadas 122.539 pensões (53,0%) destinadas aos homens e 108.625 pensões (47%) às mulheres.