O fabricante automóvel alemão Volkswagen foi condenado a pagar 2,8 mil milhões de dólares, cerca de 2,6 mil milhões de euros, nos Estados Unidos.

Em causa está a manipulação de emissões poluentes nos veículos da marca com motores "diesel".

A sentença foi divulgada esta sexta-feira pelo juiz Sean Cox, depois de a Volkswagen e o Departamento de Justiça norte-americano terem mantido negociações que culminaram num acordo que já previa esta sanção.

No início de março, o construtor automóvel declarou-se culpado, num tribunal de Detroit, de conspirar para defraudar milhares de pessoas nos Estados Unidos com a manipulação das emissões poluentes nos veículos com motores "diesel".