A proposta de Orçamento do Governo da Madeira para 2018 foi aprovada na generalidade, esta terça-feira, no parlamento regional. Contou com os votos favoráveis da maioria do PSD e os votos contra de toda a oposição.

O Orçamento Regional da Madeira para o próximo ano tem um valor de 1.855 milhões de euros.

Quanto ao Plano e Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento (PIDDAR) para 2018, no valor de 576 milhões de euros, foi aprovado com os votos favoráveis do PSD, a abstenção do CDS-PP e os votos contra das restantes forças da oposição: PS, JPP, BE, PCP, PTP e deputado independente (ex-PND).

Os partidos da oposição apresentaram mais de 280 propostas de alteração que vão ser agora debatidas em sede de especialidade até quinta-feira, nas respetivas comissões parlamentares da Assembleia Legislativa da Madeira.

O PCP entregou o maior conjunto de sugestões (145), seguido do PS (80). O CDS, o PTP e o JPP apresentaram 15 cada um, tendo o JPP feito outros quatro aditamentos. O BE entregou 13 e o deputado independente não tem qualquer proposta de alteração.

A votação final global está agendada para sexta-feira.