O projeto de reforma do IRS vai estar concluído até 15 de julho e será entregue ao Governo até 30 de setembro, anunciou hoje o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio.

Na tomada de posse da comissão para a reforma do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) /2014, que teve lugar hoje em Lisboa, Paulo Núncio adiantou ainda que o projeto vai estar em consulta pública até 20 de setembro, sendo entregue ao Governo dez dias depois.

Entre os «objetivos prioritários» da reforma do IRS, Paulo Núncio destacou a proteção da família, de forma a «contribuir para a inversão do défice demográfico», promoção da «mobilidade social» no que respeita aos rendimentos do trabalho e simplificação do imposto.

O presidente da nova comissão que vai reformar o importo, Rui Morais, sublinhou que o objetivo é simplificar o imposto sobre os rendimentos.

O responsável admitw que outro dos objetivos passa por alarar a base tributária, mas que para isso será necessário um maior consenso.