O estado comprou ao BPN um conjunto de moedas comemorativas do euro 2004 por quase 27 milhões de euros.

A aquisição foi feita em 2012 pela Parups, uma sociedade criada para gerir os ativos tóxicos do banco. A história foi avançada esta terça-feira pelo «Correio da Manhã».

As moedas de prata com um valor inicial de 8 euros, fazem parte de um conjunto de moedas que o BPN, patrocinador oficial do euro 2004, não conseguiu vender.

Por isso, o Estado tem agora mais de 3 milhões de moedas por vender. Sendo que já as comprou ao BPN por quase 27 milhões de euros.