Portugal voltou hoje ao mercado para duas emissões de dívida. Os juros estão ainda mais negativos. 

A agência que gere a dívida pública disse que colocou 400 milhões em Bilhetes do Tesouro (BT) a seis meses e pagou -0,4% contra os -0,363%  da emissão anterior.

A procura também superou a oferta em 2,91 vezes contra as 2,8 vezes do leilão comparável. 

Na maturidade maior, foram colocados 1.100 milhões de euros em BT e, mais uma vez a taxa voltou a cair de -0,325% para -0,349%. Também nesta maturidade hoje mais procura que oferta, 2,10 vezes.

Os juros associados à dívida pública portuguesa continuam a bater mínimos históricos em mercado secundário, refletindo o otimismo dos investidores em relação ao país, num enquadramento externo também ele positivo.