A CGTP ignorou as negociações e anunciou esta segunda-feira que vai voltar à rua já na próxima semana.

A central sindical promete aumentar a contestação às novas regras para a função pública, que estão a ser debatidas no Parlamento. No próximo dia 24, quarta-feira, a CGTP organiza uma manifestação pelas ruas de Lisboa. Esse protesto vai culminar em frente à Assembleia da República.

É uma ação de luta que parte essencialmente dos sindicatos da função pública.

A CGTP é contra todas as alterações que o Governo tem vindo a introduzir. Arménio Carlos promete uma oposição determinada ao Executivo.