A atividade económica aumentou em setembro pelo terceiro mês consecutivo, enquanto o consumo privado manteve a tendência de queda iniciada em janeiro, de acordo com indicadores divulgados hoje pelo Banco de Portugal (BdP).

Segundo o BdP, o indicador coincidente mensal para a atividade económica subiu para 0,5% em setembro, depois de em agosto ter sido de 0,4%.

Esta é a terceira subida consecutiva do indicador coincidente do BdP para a atividade económica.

Já o indicador coincidente mensal para o consumo privado manteve o perfil descendente iniciado em janeiro, caindo de 1,8% em agosto para 1,7% em setembro.

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico.