A Associação de Lesados do Banif está em negociações com o Santander Totta para encontrar uma solução para os obrigacionistas subordinados do banco. A informação foi dada à Lusa pela própria associação, que adiantou que a primeira ronda de negociações decorreu na última sexta-feira.

Aqueles clientes ficaram no banco mau e querem recuperar o dinheiro investido. Em causa, estão 263 milhões de euros, não se sabendo ainda que valor poderá ser recuperado.

Em março, entrou no Tribunal Administrativo de Lisboa uma ação de impugnação da medida de resolução aplicada ao Banif, bem como a venda ao Santander Totta, assinada por 40 lesados. Na altura, o advogado que representa estes investidores disse que eles foram "literalmente burlados"

No final de abril, os lesados avançaram com uma manifestação no Funchal e muitos garantiram que já há pessoas a morrer porque não aguentam o facto de perderem toda uma vida de trabalho.

O presidente do Santander Totta, Vieira Monteiro, disse na comissão de inquérito sobre o caso disse que o banco espanhol esteve perto de desistir da aquisição do Banif durante uma reunião no Banco de Portugal, devido às questões levantadas telefonicamente por Bruxelas sobre a questão dos auxílios de Estado.