O Conselho Administrativo de Defesa Económico (Cade), entidade reguladora da concorrência no Brasil, aprovou esta segunda-feira, sem restrições, a venda de ativos da unidade brasileira do BES Investimento para o banco Brasil Plural, noticia a Lusa.

A transação aprovada envolvia a transferência da carteira de clientes e de fundos de investimento do BES Investimento do Brasil S.A. para o Brasil Plural Gestão de Recursos Ltda.

A decisão foi publicada hoje no Diário Oficial da União brasileiro.

O Brasil Plural é um grupo financeiro, fundado em 2009, que trabalha com operações de financiamento e assessoria financeira, com presença em São Paulo, Rio de Janeiro e Nova Iorque.

A 03 de agosto, o Banco de Portugal tomou o controlo do Banco Espírito Santo (BES), após o banco ter apresentado prejuízos semestrais de 3,6 mil milhões de euros, e anunciou a separação da instituição.

No chamado banco mau (bad bank), um veículo que mantém o nome BES, ficaram concentrados os ativos e passivos tóxicos do BES, assim como os acionistas, enquanto no 'banco bom', o banco de transição que foi designado Novo Banco, ficaram os ativos e passivos considerados não problemáticos.