A troika vai reunir-se na quarta-feira da próxima semana, dia 23, com os parceiros sociais, em sede de concertação social, para os trabalhos da 12.ª avaliação regular ao programa de resgate, que será a última.

Os técnicos da missão da troika chegam a Lisboa na próxima terça-feira, a 22 de abril, para a última avaliação regular ao Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) de Portugal, anunciou hoje a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque.

A governante, que falava na conferência de imprensa após a reunião extraordinária do Conselho de Ministros de hoje, afirmou que a 12.ª avaliação ao Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF), a última do período do resgate, começa no dia 22 de abril.

Esta última avaliação deverá ser marcada por temas como a limitação de preços da energia e o mercado de trabalho, segundo adiantou o Governo quando da conferência de imprensa sobre a 11.ª avaliação ao programa, a 28 de fevereiro.

Nessa altura, o Executivo remeteu para a última revisão regular ao programa a discussão sobre a redução dos custos da energia e eventuais alterações ao mercado laboral.

«Em substância, o Governo apresentará na próxima avaliação, 12.ª e última, medidas que apontem para a redução do custo da energia, que possam refletir-se no consumidor», afirmou o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas.

No que se refere ao mercado de trabalho, Paulo Portas garantiu que «o Governo manteve a sua conhecida posição de que o ajustamento salarial já foi realizado», mas adiantou que o Executivo «estudará com os parceiros socais matérias para a dinamização da contratação coletiva, que vive um certo impasse, e critérios de representatividade».