A taxa de poupança das famílias na zona euro fixou-se nos 12,8% no segundo trimestre de 2015, um ligeiro aumento face aos 12,7% do primeiro trimestre, segundo a primeira estimativa do Eurostat.

O gabinete de estatísticas da União Europeia estima, por outro lado, que a taxa de investimento das famílias foi de 8,3% entre abril e junho, que compara com os 8,4% do trimestre anterior.

Um segundo boletim sobre o indicador, já com dados sobre os Estados-membros, será publicado no dia 28.

Recorde-se que o Instituto Nacional de Estatística revelou em setembro que a capacidade de financiamento das famílias portugueses caiu para um nível historicamente baixo no segundo trimestre deste ano.

A explicação está no facto de a despesa de consumo ter tido um aumento superior ao crescimento do rendimento disponível.