O índice de produção na construção registou uma variação homóloga de -16,3% em junho deste ano, o que compara com a diminuição de 19,2% observada no mês anterior, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O índice do segmento de engenharia civil apresentou, em junho, uma variação homóloga de -16,1% (-19,2% no mês anterior), enquanto o índice relativo ao segmento de construção de edifícios diminuiu 16,5% (variação de -19,1% em maio).

O índice agregado manteve, em junho, «um nível muito baixo» (de 45,3), determinado sobretudo pelo segmento de construção de edifícios, destaca o INE.

Quanto aos índices de emprego e de remunerações, estes decresceram 15,3% e 15,1% (variações de -15,9% e de -11,4%, em maio), respetivamente.

Comparativamente com o mês anterior, o índice de emprego apresentou uma taxa de variação de -0,7% (-1,4% em junho de 2012).

No caso das remunerações, em termos mensais, estas cresceram 3,2% em junho deste ano (7,7% em junho de 2012).