A inflação caiu 0,2% em novembro, face a outubro, com a descida dos produtos alimentares e bebidas sem álcool, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística.

"A classe com maior contributo negativo para a taxa de variação mensal do índice total foi a dos Produtos Alimentares e bebidas não alcoólicas, com uma variação mensal de -0,8% (0,2% no mês anterior e 0,1% em Novembro de 2014)," explicou o INE.

Já variação homóloga do IPC manteve-se em 0,6%.

"Nas classes com contribuições positivas para a variação homóloga do IPC salientam-se as dos Produtos Alimentares e bebidas não alcoólicas, das Bebidas alcoólicas e tabaco, das Comunicações e dos Bens e serviços diversos," realçou o INE.

A classe com maior contribuição negativa para a variação homóloga do IPC foi a do Vestuário e calçado.