Em outubro de 2013 as exportações aumentaram 7,2% face a setembro de 2013, devido à evolução quer do Comércio Intra-UE quer do Extra-UE, refletindo sobretudo os acréscimos registados nas Máquinas e aparelhos, produtos Alimentares e Vestuário. Os dados do Instituto Nacional de Estatística mostram ainda que as importações aumentaram 9,9%, devido principalmente ao Comércio Intra-UE (generalizado a quase todos os grupos de produtos, mas com maior destaque nas Máquinas e aparelhos, produtos Agrícolas e Metais comuns).

No trimestre terminado em outubro, as exportações aumentaram 4,6% e as importações 1,2%, face ao período homólogo (agosto de 2012/outubro de 2012), tendo-se verificado uma redução do défice da balança comercial no montante de 331,8 milhões de euros. A taxa de cobertura situou-se em 79,7%, o que corresponde a um acréscimo de 2,6 %, face ao período homólogo.

Em outubro de 2013 as exportações cresceram 4,2% relativamente a outubro de 2012, devido sobretudo ao Comércio Intra-UE (particularmente aos Combustíveis minerais). As importações aumentaram 3,7% face a outubro de 2012, em resultado essencialmente da evolução do Comércio Extra-UE (particularmente dos Combustíveis minerais).