Os 50 anos do Aeroporto Internacional de Faro foram assinalados esta sexta-feira com a assinatura da empreitada de ampliação e remodelação da aerogare, que tem um custo previsto de 32,8 milhões de euros, anunciou a ANA Aeroportos, noticia a Lusa.

O investimento visa aumentar a capacidade do aeroporto, que em março de 2017, data prevista para a conclusão das obras, passará a poder receber 30 movimentos de pista por hora, mais seis do que atualmente.

O aeroporto algarvio tem capacidade para processar até seis milhões de passageiros por ano, mas em 2014 ultrapassou esse valor, com 6.116.927 passageiros, explicou o diretor do aeroporto, Alberto Mota Borges, na sua intervenção durante a cerimónia, segundo o comunicado divulgado.

De acordo com as informações fornecidas pela ANA Aeroportos, o fluxo de pessoas em cada sentido, partidas e chegadas, que até agora podia chegar às 2.400 pessoas por hora, passará a ser de 3.000 pessoas por hora.

As obras arrancam em setembro deste ano e incluem ainda a criação de mais áreas operacionais e de mais área pública, com a revitalização e ampliação da área de retalho, o incremento da segurança, a modernização da imagem do terminal e a reformulação da integração com as acessibilidades terrestres.