"Hoje, os escritórios de Deutsche Bank em Frankfurt estão a ser revistados. A investigação em causa está relacionada com transações de valores mobiliários por parte de clientes. Funcionários do banco não estão acusados de má conduta", esclarece a nota do banco, enviada ao “Negócios”.