Os escritórios do Deutsche Bank em Frankfurt foram alvos de buscas esta terça-feira, confirmou o banco.
 

"Hoje, os escritórios de Deutsche Bank em Frankfurt estão a ser revistados. A investigação em causa está relacionada com transações de valores mobiliários por parte de clientes. Funcionários do banco não estão acusados de má conduta", esclarece a nota do banco, enviada ao “Negócios”.


Segundo o jornal alemão “Bild”, outras instalações do banco foram revistadas por investigadores criminais e autoridades fiscais, não só noutras zonas da Alemanha, mas também em Londres e Paris.

Em causa estão acusações de alegadas práticas de fraude fiscal.

O Deutsche Bank tem estado envolvido em casos suspeitos e foi alvo de uma multa recorde de 2,2 mil milhões de euros pelo envolvimento no escândalo de manipulação de taxas de juro. O banco enfrenta seis mil litígios na justiça e anunciou a renúncia dos seus presidentes executivos no passado fim-de-semana, numa tentativa de recuperar a confiança dos investidores.