Da receita líquida provisória já apurada com a privatização ANA, 992,5 milhões de euros serão destinados ao estado, para amortização de dívida pública, de acordo com um despacho da ministra das finanças, Maria Luís Albuquerque, publicado em Diário da República esta quinta-feira.

O despacho determina ainda que 112,7 milhões de euros sejam destinados à Parpública, «para efeito de amortização da dívida de empresas participadas». A receita definitiva da operação de privatização da ANA ainda não está apurada.

A operação de privatização da ANA ocorreu no final de 2012, tendo sido o grupo francês Vinci o vencedor do concurso público internacional lançado pelo Governo para o efeito.