A taxa de desemprego subiu para 13,7% no primeiro trimestre de 2015, de 13,5% no trimestre anterior, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

No quarto trimestre de 2014, a taxa de desemprego já tinha registado um acréscimo trimestral de 0,4 pontos percentuais.

Apesar da subida face ao último trimestre de 2014, a taxa de desemprego desceu 1,4 pontos percentuais em termos homólogos.

A população ativa fixou-se nos 5,2 milhões de pessoas, "praticamente inalterada em relação ao trimestre anterior".

Desemprego jovem também agravou

A taxa de desemprego jovem agravou para 34,4%, de 34% no trimestre anterior. No primeiro trimestre de 2014 estava nos 37,5%.

Segundo o INE, o aumento trimestral da população desempregada ocorreu principalmente nas mulheres e pessoas com 45 anos ou mais.

Portugal superou uma acentuada recessão em 2014, ano em que terminou um doloroso resgate internacional, com a economia a expandir 0,9%.

Para 2015, o Executivo prevê um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,6%.