O Banco Central Europeu (BCE) decidiu manter as taxas de juro diretoras inalteradas depois de em novembro ter decidido cortar os juros das principais operações de refinanciamento para um mínimo histórico de 0,25%.

Além da taxa aplicável às principais operações de refinanciamento, na reunião de hoje, o Conselho de Governadores decidiu ainda manter em 0,75% a taxa da facilidade permanente de cedência de liquidez, através da qual empresta dinheiro aos bancos a um dia.

A facilidade permanente de depósito, que permite aos bancos fazer depósitos de muito curto prazo na instituição, manteve-se em 0%.

No comunicado emitido pelo BCE, refere-se que o presidente da instituição, Mario Draghi, vai explicar as decisões da reunião de hoje em conferência de imprensa ao início da tarde.