Os tripulantes de cabine da transportadora aérea Ryanair vão fazer uma greve europeia nos próximos dias 25 e 26 de julho, informou à agência Lusa a presidente do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).

A decisão foi tomada numa reunião, em Bruxelas, entre vários sindicatos europeus para exigirem que a companhia de baixo custo aplique as leis nacionais e não a irlandesa.

Os pilotos da Irlanda já tinham esta terça-feira avançado com a convocatória de uma greve para o próximo dia 12, apresentando queixas de que a companhia aérea não está a cumprir as promessas de alteração nas condições laborais exigidas em dezembro do ano passado.

Os sindicatos tinham ameaçado com a paralisação no final do ano passado caso a companhia não apresentasse respostas até ao final do mês de junho.

A greve, a cumprir-se, terá efeitos muito negativos por tratar-se da época alta. Muitos passageiros podem ver as férias estragadas por causa do protesto.