A OPA da EDP sobre a EDP Renováveis já tem luz verde por parte do regulador. A OPA é sobre a totalidade das ações do capital social da subsidiária.

"O Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários deliberou registar a oferta pública de aquisição, geral e voluntária", lê-se no comunicado que a CMVM tem na sua página da Internet.

A OPA foi anunciada a 27 de março e a contrapartida oferecida pela EDP é de 6,75 euros por título. Nesse dia de lançamento, as ações da Renováveis dispararam 10%

"A oferta decorrerá entre as 8h30 do dia 6 de julho de 2017 e as 15h00 do dia 3 de agosto de 2017, podendo as respetivas ordens de venda ser recebidas até ao termo do deste prazo. Os detentores das ações que aceitem a oferta poderão revogar as suas declarações de aceitação até às 15h00 do dia 31 de julho de 2017", lê-se no comunicado..

A data prevista para o apuramento e divulgação dos resultados é o dia 4 de agosto de 2017.

A entidade responsável pelo apuramento e pela divulgação dos resultados da oferta será a Euronext Lisbon – Sociedade Gestora de Mercado Regulamentados, S.A

O Governo viu como "muito positiva" a oferta pública de aquisição e o presidente da EDP, António Mexia, considerou-a muito "atrativa", tendo na altura sublinhado que aconteceu "importante momento".