O Banco Central Europeu deverá divulgar esta quinta-feira mais detalhes do programa alargado de compra de ativos que anunciou em janeiro, após uma reunião de política monetária que decorre em Chipre.

O conselho de governadores realiza a sua segunda reunião de política monetária de 2015 em Nicósia, Chipre, já que duas vezes por ano estas reuniões decorrem fora de Frankfurt, onde a instituição tem a sua sede.

A maior parte dos analistas prevê que o BCE mantenha a sua taxa de juro diretora no mínimo histórico de 0,05%.
O BCE divulgará também as suas previsões económicas para 2015, 2016 e 2017.

Na conferência de imprensa que se seguiu à reunião de 22 de janeiro, o presidente do BCE, Mario Draghi, anunciou que a instituição começaria em março a comprar mensalmente 60 mil milhões de euros de dívida pública e privada, justificando a medida com o persistente nível baixo de inflação.

Na ocasião, Draghi explicou que este programa de compra de ativos vai durar pelo menos até ao final de setembro de 2016 e disse que a iniciativa obteve o acordo da «larga maioria» dos membros do conselho de governadores.
Agora, prevê-se que sejam divulgados mais detalhes desse programa.

A Grécia e a situação de liquidez dos bancos gregos deverão também ser assuntos em foco na reunião.