Yokohama fez hoje um apelo, através da imprensa nacional, para que os proprietários dos pneus modelo BluEarth AE-01 contatem de imediato as oficinas onde adquiriram o produto, por uma questão de precaução e medida de segurança.

De acordo com o anúncio publicado em vários jornais de hoje, a Yokohama revela que os pneus afetados «podem ter sido produzidos com geometria irregular na zona inferior da parede lateral do pneu, acima da área do talão» levando a perda de pressão de ar.

«Pedimos aos proprietários dos pneus possivelmente afetados, para contatar imediatamente com a oficina onde adquiriu os mesmos, ou entrar em contato com a Yokohama através do cal-center de apoio», com o número 0034 (0) 935080135, disponível entre as 8:00 e as 20:00.

Em alguns casos, revela a Yokohama, as irregularidades podem causar «pequenas fissurações na zona inferior da parede lateral, resultando na potencial perda de pressão de ar». Em casos raros, de acordo com o publicitado, pode haver «uma perda rápida de ar, provocando potencialmente uma situação de condução crítica».

«Por uma questão de precaução e para garantir a segurança dos clientes, a Yokohama decidiu trocar todos os pneus possivelmente afetados¿», explica o comunicado.

De acordo com o documento, trata-se dos pneus modelo BluEarth AE-01, fabricados entre dezembro de 2011 e dezembro de 2012, com as medidas 185/65R14, 86T/H e 185/65R15 88TH.

A marca nipónica pede ainda no comunicado que as pessoas identifiquem na página online da Yokohama se os seus pneus se encontram afetados ou para recolherem mais informação.