Os trabalhadores da Petrogal marcaram uma greve para a próxima sexta-feira nas refinarias do Porto e de Sines e decidiram ainda prolongar a luta nos próximos três meses, estando ainda por definir os períodos de paralisação.

Segundo o comunicado do Sindicato da Indústria e do Comércio Petrolífero (SICOP), a greve na refinaria da Petrogal, do grupo Galp Energia, no Porto, que abrange o terminal de Leixões, o parque de Viana do Castelo, o parque de Perafita, o parque da Boa Nova e o parque do Real, começa às 06:00 de sexta-feira e prolonga-se por 24 horas.

Na refinaria de Sines, o protesto terá uma duração de quatro horas, entre as 07:00 e as 11:00 de sexta-feira.