Os CTT vão abrir 50 agências do Banco CTT entre 9 e 15 de julho, de modo a aproximarem-se do objetivo da abertura de 200 agências até ao final de 2016, segundo informação prestada esta quarta-feira ao mercado.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os CTT informam que vão abrir 50 agências adicionais do Banco CTT entre 9 e 15 de julho, "duplicando-se assim no final desse período a rede presidencial" do banco.

Esta é a segunda fase de abertura de agências, depois de a 18 de março o Banco CTT ter aberto ao público em 51 lojas CTT e uma agência sede, e encontra-se "em linha com o programa de abertura do Banco CTT, no sentido de atingir 200 agências da rede de lojas dos CTT até ao final de 2016".

Nas 52 agências onde o Banco CTT opera atualmente "mantém-se o nível de abertura de contas e captação de recursos", sendo que, no final de maio (duas semanas após a abertura ao público em geral), foram abertas mais de 13.000 contas de novos clientes e captados 33,6 milhões de euros em depósitos.

O lucro dos CTT caiu 7,3% no primeiro trimestre, face a igual período do ano passado, para 20,7 milhões de euros, influenciado por um impacto não recorrente, anunciaram a 11 de maio os Correios de Portugal.