BPP: Rendeiro diluiu perdas dos seus negócios nas contas de clientes

Fundos do BPP compraram milhões de ações do BCP em 2007

Por: tvi24    |   6 de Fevereiro de 2013 às 10:25
O presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, terá diluído os prejuízos que tinha com os seus próprios negócios nas contas dos clientes particulares, avança esta quarta-feira o «Correio da Manhã».

A denúncia foi feita por um antigo administrador do banco, Fernando Lima, que foi ouvido no Banco de Portugal no seguimento do processo que a entidade de supervisão tem contra o BPP.

De acordo com o jornal, o antigo administrador revelou que vários fundos de investimento do BPP compraram milhões de ações do BCP em 2007. Quando o valor dos títulos começou a cair, João Rendeiro escondeu as perdas diluindo os prejuízos nas contas de clientes que tinham subscrito produtos de «retorno absoluto».

Aos clientes, o banco dizia que a sua carteira de investimentos se tinha desvalorizado.
PUB
EM BAIXO: João Rendeiro
João Rendeiro

COMENTÁRIOS

PUB
«O Estado é um padrinho que acompanha o cidadão até à morte»

Henrique Medina Carreira considera que «a despesa social» é o grande problema dos últimos 50 anos em Portugal. Se analisarmos as despesas públicas e os níveis de fiscalidade, entre 1960 e 2010, verificamos que a despesa social «é aquilo que adoeceu, e adoeceu por irresponsabilidade política». Para o comentador da TVI24 o país nunca antecipou os problemas que podiam advir de um crescimento excessivo das despesas sociais porque estas são uma forma de compra de voto.