A inflação na zona euro acelerou ligeiramente em Fevereiro, para 1,2 por cento em comparação com Fevereiro do ano passado, segundo a primeira estimativa publicada esta segunda-feira pelo Eurostat, o gabinete de estatísticas europeu.

Em Janeiro os preços no consumidor tinham aumentado 1,1 por cento face a igual mês do ano anterior, o ritmo mais lento desde Julho de 1999.

Esta ligeira retoma do aumento dos preços não era esperada pelos analistas consultados pela agência noticiosa Bloomberg cuja média de previsões apontava para um por cento.

O BCE, guardião da estabilidade dos preços na zona euro, visa a médio prazo uma inflação abaixo, mas próxima dos dois por cento.

A inflação mantém-se longe do pico histórico de quatro por cento registado durante o Verão, tendo sofrido uma desaceleração acentuada decorrente da quebra das cotações dos preços do petróleo mas também do abrandamento da economia.