Stéphane Peterhansel (Peugeot) venceu a quinta etapa da 40.º edição do Dakar. O francês aproveitou a desistência do companheiro de equipa Sébastien Loeb (Peugeot) para consolidar a liderança no rali.

O "Senhor Dakar" (bicampeão e detentor de 13 triunfos na prova), completou os 268 km cronometrados com 2h51m19, aumentando a vantagem para os adversários diretos que passaram por várias dificuldades durante o dia.

Em dia de vitória para a Peugeot, os Toyota deram tudo por tudo. O holandês Bernhard ten Brinke cruzou a meta em segundo lugar a 4m52 do vencedor. Logo atrás, apareceu Giniel de Villiers com uma diferença de 12m47.

Carlos Sainz (Peugeot)acabou em quarto. O espanhol perdeu tempo depois de ficar preso nas dunas durante a primeira fase da etapa. Chegou com um atraso de 18m10 em relação a Peterhansel. Sainz, que também beneficiou da desistência de Loeb, subiu para segundo na geral, estando agora a cerca de meia hora de Peterhansel na classificação geral.

O dia não foi bom para Nasser Al-Attiyah (Toyota). O qatari perdeu mais 24m33s na etapa e cruzou a meta em quinto lugar e desce para o quarto posto da geral com uma diferença de 1h23m21 para o líder.

Carlos Sousa (Renault Duster) ainda está em prova, apesar dos problemas mecânicos. O piloto português que era 15.º à geral, atravessou um dos waypoints com um atraso superior a cinco horas.

Classificação Geral