O Dakar 2018 continua a fazer “vítimas”. Depois de Nani Roma (Mini) e André Villas-Boas (Toyota), chega a vez de Sébastien Loeb (Peugeot) deixar a aventura mais cedo.

Durante a etapa que liga San Juan de Marcona a Arequipa no Peru, o nove vezes campeão mundial de WRC atascou o carro duas vezes, sendo o segundo episódio mais grave. Além de ter caído a pique numa duna de areia macia que acabou por submergir totalmente o Peugeot, o navegador Daniel Elena ficou gravemente ferido no cóccix.

“Correu muito mal”, assumiu Loeb em declarações à France Info. “As dunas estão muito moles, não vimos o buraco e caímos com muita força. Daniel tem dores, mas está bem. “A areia está muito mole, não conseguimos sair sem a ajuda de um camião”, garantiu Loeb no início da etapa.

Duas horas depois e graças à ajuda do camião de assistência, a dupla conseguiu regressar à corrida. Contudo, o estado de saúde do navegador obrigou Loeb a abandonar.

"Conduzia a 30 km/h e ele gemia com dores", explicou o francês.

Mais tarde, Daniel Elena acabaria por confirmar a lesão.

“Tenho o cóccix partido. Não tenho dores quando estou de pé, mas uma vez sentado, a dor é insustentável. Para mim acabou”, garantiu.