Sam Sunderland (KTM) venceu a terceira etapa do Dakar. O britânico superou a maratona de 296 km entre Pisco-San Juan depois de uma excelente recuperação.

O britânico liderou os três primeiros waypoints, antes de perder a liderança para o companheiro de equipa Toby Price e, em seguida, o chileno da Husqvarna, Pablo Quintanilla, que estava preparado para ganhar a etapa até perder alguns minutos no final.

Sunderland assume agora a liderança do rali com a difereça de 3m03s para Kevin Benavides, com Price, Brabec e Quintanilla a completar o top-5 da geral.

Mau dia para Joan Barreda, vencedor da segunda etapa do Dakar. O piloto Honda partiu para a etapa 3 com uma leve vantagem de 2m30s e perdeu quase 28 minutos após um erro de navegação.