Miguel Oliveira regressou às pistas nesta sexta-feira, para os primeiros Treinos Livres do GP da República Checa deste fim de semana que se segue à paragem de verão, e as primeiras análises do piloto português são positivas.

“Hoje, testámos elementos novos que a KTM trouxe para a segunda metade da época. A verdade é que, apesar de ainda termos de continuar a testá-los, notei uma melhoria com a traseira. Consegui mais aderência, que é o que temos procurado nas corridas recentes. Este primeiro dia foi muito positivo. Começámos o fim de semana com uma afinação que é um pouco mais extrema e estamos cada vez mais perto da moto do ao passado, o que foi muito bom. Estou contente com o trabalho que fizemos hoje, mesmo que, quando pusemos os pneus macios ao final do dia não tenhamos trabalhão muito com eles. Vamos deixar para amanhã.”

Com o décimo tempo dos TL1 e o 12.º dos TL2, o piloto português da AJO KTM explica qual foi o objetivo do trabalho realizado neste primeiro dia de treinos.

“Hoje conseguimos preparar-nos bem para a qualificação, o que era o nosso propósito, por isso, amanhã espero conseguir uma posição na grelha um pouco mais acima do que nas últimas corridas. As altas temperaturas não me preocupam muito porque serão iguais para todos. Nos primeiros minutos da qualificação será importante ganhar vantagem com a aderência na pista.”