Um dia depois do triunfo no GP de Itália de Moto2, Miguel Oliveira voltou ao Circuito de Mugello nesta segunda-feira para fazer mais um dia de testes. O piloto da Ajo KTM mostrou-se satisfeito com o trabalho realizado – não sem antes frisar isso mesmo, que o trabalho é o segredo sucesso.

Miguel Oliveira cumpriu 52 voltas estando “focado principalmente em confirmar as descobertas do teste da semana passada em Barcelona, sob diferentes condições e numa pista diferente, para fazer uma avaliação mais completa dos novos desenvolvimentos”

Como refere no seu site, o piloto português fez “ainda algum trabalho específico na configuração do chassi” e mostrou-se muito satisfeito com este dia de testes.

“Depois de conseguir a vitória de ontem, hoje tivemos um dia positivo de testes em Itália. Testámos algumas peças que também tínhamos experimentado na corrida de ontem e no teste de Barcelona na semana passada. Hoje em particular não experimentámos nenhuma peça nova. Tentámos testar a suspensão dianteira e a configuração do chassi para ver como montar melhor a moto. Em geral, estou muito satisfeito com a forma como tudo aconteceu, por isso estamos ansiosos para a próxima prova em Barcelona.”

O fim de semana do GP da Catalunha, sétima etapa do Mundial de Moto2, acontece entre os dias 15 e 17 deste mês.