O piloto holandês Max Verstappen prolongou o cotrato com a equipa de Fórmula 1 Red Bull até 2020.

Verstappen tinha contrato até 2019 e o prolongamento do vínculo garante o holandês por mais três épocas na equipa austríaca das bebidas energéticas, cuja início da ligação data de 2014.

Nesse mesmo ano, o holandês passou da Fórmula 3 para piloto de testes da Toro Rosso e no ano seguinte estreou-se pela satélite da Red Bull no Mundial de F1. Com a época de 2016 já a decorrer foi promovido à equipa principal e tornou-se o mais novo piloto de sempre a ganhar uma Corrida, com 18 anos.

“A Red Bull apoiou-me desde o princípio. Estou ansioso por atingir mais com esta equipa”, afirmou Verstappen no site da equipa.

O diretor da Red Bull, Christian Honer, correspondeu nas palavras: “O Max está certo em ter fome de sucessos e estamos ansiosos por prolongar essa jornada com ele na nossa busca por Mundiais de Fórmula 1.”