Marc Márquez ganhou pela nona vez seguida o GP da Alemanha, mas se os triunfos do piloto espanhol da Honda em Sachsenring têm sido um hábito, a celebração nas bancadas com o público surpreendeu.

O campeão do mundo explicou que a celebração foi espontânea e decorreu de uma oportunidade aberta. Após cortar a meta, Márquez foi convidado pelos comissários a fazer a festa logo na Curva 1. E, vendo que a passagem para as bancadas estava aberta, entrou...

“Parei na Curva 1. Parecia que estava tudo preparado, mas não foi assim. Apenas parei para dizer «olá» aos fãs, mas depois reparei que podia entrar para a bancada. Foi muito bom estar lá com os fãs. Depois foi problemático sair da bancada”, contou o espanhol numa citação do «Crash.net».

Após os festejos e os apertos, Márquez contou ainda por que pediu emprestado o boné a um dos comissários: “Foi ainda mais especial quando estava a regressar para a moto porque um dos comissários tinha o boné #26 e, então, tirei-lho e mostrei-o aos fãs porque o homem do fim de semana é o Dani [Pedrosa] já que vamos sentir a sua falta.”