O Watford, da 1.ª Liga inglesa, anunciou oficialmente através de um comunicado no seu site oficial que rescindiu contrato com Marco Silva.

Foi uma decisão difícil e não foi tomada de ânimo leve. O clube está convencido de que a nomeação de Silva era a certa e, se não fosse pela abordagem injustificada de um rival da Premier League pelos seus serviços, continuaríamos a prosperar sob sua liderança", refere o comunicado, sem nomear o Everton, equipa de Liverpool que pretederá contratar o técnico português.

No comunicado, o Watford sublinha essa "abordagem injustificada" como o "catalisador" da decisão, sem referir expressamente o nome do Everton, dado como interessado na contratação de Marco Silva. Refere também haver "uma deterioração significativa no foco e nos resultados", capazes de comprometer "o futuro a longo prazo do Watford FC"

Para a segurança e o sucesso do clube de futebol, o clube acredita que deve fazer uma mudança", refere o comunicado, sem nunca referir o Everton, cujo interesse no treinador português foi noticiado no final de 2017.

Sábado, em jogo da 24.ª jornada da 1.ª Liga inglesa, o Watford perdeu no terreno do Leicester por 2-0. O clube ocupa o 10.º lugar do campeonato. 

O clube dos arredores de Londres somou assim o quarto jogo sem vencer no campeonato.

Marco Silva, de 40 anos, iniciou a sua carreira no Estoril Praia, em 2012/13, passando depois por Sporting (2014/15), vencendo a Taça de Portugal, Olympiacos (2015/16), pelo qual conquistou o título grego, e Hull City (2016/17).