Frederico Varandas é o novo presidente do Sporting.

O antigo diretor clínico do clube, candidato da lista D, venceu nas urnas João Benedito, José Maria Ricciardi, Tavares Pereira, Rui Jorge Rego e Dias Ferreira.

Varandas obteve 42,32% dos votos, enquanto João Benedito conseguiu 36,84%. Apesar de Frederico Varandas ter ganho, Benedito teve mais sócios a votar nele: 9735 em Benedito contra 8717 em Varandas. Importa referir que no Sporting, como em outros clubes, há sócios com diferente número de votos.

José Maria Ricciardi teve 14,55% dos votos, superando as listas encabeçadas por José Dias Ferreira (2,35%), Fernando Tavares Pereira (0,9%) e Rui Jorge Rego (0,51%). Foram ainda registados 2,2% de votos em branco e 0,31% nulos.

VEJA O DISCURSO DE VITÓRIA DE FREDERICO VARANDAS

Com a eleição de Varandas, que foi o primeiro a assumir a candidatura à sucessão de Bruno de Carvalho, o advogado Rogério Alves assume a presidência da Mesa da Assembleia Geral do clube, enquanto o juiz conselheiro Joaquim Baltazar Pinto a liderança do Conselho Fiscal e Disciplinar.

Durante a campanha, o médico anunciou a integração na estrutura diretiva do clube dos antigos futebolistas Hugo Viana e Beto.

Estas eleições são as mais participadas de sempre: 22.510 sócios votaram nestas eleições, tendo sido batido o recorde de votação das eleições de março de 2017 (18.775 votantes).

LEIA AS REAÇÕES DOS CANDIDATOS VENCIDOS:

João Benedito: «Frederico Varandas é o meu presidente»

Ricciardi deseja «futuro grandioso» a Varandas no Sporting

Rui Jorge Rego: "Varandas é o presidente de todos os sportinguistas"