Frederico Varandas esteve na TVI e TVI24 e criticou a gestão de Bruno de Carvalho na presidência do Sporting, pedindo ao mesmo para se demitir e se recandidatar.

Quero que o Bruno de Carvalho se demita e vá a eleições. O Sporting precisa de um banho de democracia e o próximo presidente precisa de ser legitimado nas urnas", referiu.

Varandas referiu mesmo que a estratégia do atual presidente dos leões é "destruir para reinar".

O potencial candidato a eleições no clube leonino culpou o presidente pela separação e degradação na relação entre jogadores e adeptos e salientou que "Bruno de Carvalho foi-se desviando" do caminho: "O que mais me atraiu em Bruno de Carvalho é o que mais me afasta agora. Inicialmente deu voz aos sócios e agora faz o contrário".

Recorde que Bruno de Carvalho, esta quarta-feira, deu uma conferência de imprensa a dizer que não se demitia

Varandas, que foi diretor clínico do Sporting durante sete anos, disse que espera que as rescisões de Patrício e Podence sejam reversíveis porque a confirmarem-se "isso seria uma catástrofe" e elogiou Jorge Jesus: "É um treinador muito competente, Jorge Jesus podia ter dado muito mais ao Sporting com outro tipo de liderança".