logotipo tvi24

Figo: «Ambiente em San Mamés é complicado»

Ex-jogador acredita também que o Real já garantiu o título espanhol.

Por:
   |   2012-04-23 12:32

Luís Figo antevê dificuldades para o Sporting, na visita a San Mamés, para a segunda mão das meias-finais da Liga Europa. O antigo internacional português conhece bem o recinto do At. Bilbao, ou não tivesse cumprido dez épocas na Liga espanhola, e por isso fala de um palco que é simultaneamente emblemático e difícil.

«Tem um ambiente maravilhoso. É um dos estádio mais bonitos para se jogar, e por isso é conhecido como a catedral, mas é sempre agradável jogar em estádios assim, começou por dizer o ex-jogador. «O Sporting tem vantagem. Será um jogo difícil para ambas as equipas. O Athletic não pode cometer tantos erros. Vai ser difícil, o ambiente em San Mamés é complicado e o At. Bilbao, jogando em casa, é sempre mais difícil», acrescentou.

Questionado ainda sobre as contas da Liga espanhola, após a vitória do Real Madrid em Barcelona (1-2), Figo acredita que o título está «praticamente definido». «O Real vai ser campeão. É muito difícil que venha a perder esta vantagem de sete pontos», sustentou.

O antigo capitão da Seleção Nacional falou à comunicação social durante uma visita à Escola EB1/JI de Casal de Cambra, onde acompanhou as atividades de algumas crianças com necessidades especiais, que são ajudadas por uma bolsa social criada pela «Fundação Luís Figo».

Partilhar
EM BAIXO: Figo
Figo

Os gémeos não se afastam assim, por mais que um queira
Chelsea travou o Atlético que teve de abdicar um pouco do ADN
Campeões com tantas certezas e uma dúvida chamada Ronaldo
Meias-finais chegam ao jogo grande entre dois gigantes do futebol europeu. Pouco há para descobrir. Falta só saber o que Ancelotti dirá ao CR7 quando escolher o «onze»
Juventus: desafio tático para Jesus, à volta de Pirlo
Benfica enfrenta o mais difícil adversário até agora na Liga Europa 2013/14
EM MANCHETE
Protestos violentos no Rio de Janeiro
Há registo de pelo menos um morto numa favela de Copacabana em tumulto. Imagens mostram caos a menos de mês e meio do Mundial de Futebol
«Opção do Governo é tornar definitivos os cortes temporários»
«Há limites para o que um Presidente pode dizer»