O canoísta português Fernando Pimenta ficou em segundo lugar na prova de K1 1000 metros, nos Mundiais de canoagem, conquistando a medalha de prata.

O bicampeão da Europa da distância, que procurava o seu primeiro título mundial, concluiu a prova no segundo lugar, a 239 milésimos de segundos do vencedor, o alemão Tom Liebsche, cronometrado em 3.37,754 minutos. O checo Jozef Dostal ficou no terceiro lugar.

"Só a partir dos 500 metros vi que estava alguém ao meu lado, o checo. Tentei acelerar para tentar forçar, pois sabia que ele podia ser mais rápido no fim. Nos metros finais ganhei-lhe terreno e tentei dar o máximo e não desequilibrar, pois as forças já não eram muitas. Infelizmente não me apercebi do atleta alemão...", lamentou.

Pimenta, que em 2015 conquistou o bronze nos Mundiais em Milão, Itália, terá nova oportunidade de medalha no domingo, em K1 5.000, distância que não integram o programa olímpico.

Antes, a portuguesa Teresa Portela foi sétima classificada na final de K1 500. 

Teresa Portela completou a prova com 1.52,254 minutos, ficando a quase quatro segundos da nova campeã, a bielorrussa Volha Khudzenka, que bateu a neozelandesa Lisa Carrington por 289 milésimos de segundo. A dinamarquesa Emma Astrand Jorgensen terminou a 2,044 segundos e conquistou o bronze.

Os Mundiais de canoagem decorrem em Racice, na República Checa.