O português Paulo Gonçalves (Honda) foi encontrado inconsciente, nesta quinta-feira, depois de ter sofrido uma queda durante a 10.ª etapa do rali Dakar2016, entre La Rioja e San Juan, na Argentina.

“O piloto português foi encontrado inconsciente pouco depois do segundo ponto de passagem e acabou por ser [levado] para o hospital mais próximo para ser submetido a observação médica”, consta num comunicado da assessoria de imprensa do motard português, que foi transportado de helicóptero.

Segundo o comunicado, Paulo Gonçalves recuperou a consciência e apresentava fortes dores de cabeça na chegada ao hospital, onde foi observado pela equipa médica que lhe viria a diagnosticar um traumatismo craniano moderado.

O campeão mundial de todo-o-terreno de 2013, natural de Esposende, que esteve quatro dias na liderança na classificação de motas do Dakar2016, partiu hoje no oitavo lugar da classificação, depois de a organização o ter penalizado em 39.56 minutos.

Por força deste acidente, Paulo Gonçalves abandona a prova.


“Terminei da pior forma este Dakar 2016, ao que parece tive uma queda forte, a verdade é que não me recordo do que se passou, disseram-me que consegui seguir com a mota até uma zona de público e ambulâncias. É um Dakar que termina da pior maneira, é lamentável para mim, para a equipa, merecíamos muito mais. Mas a competição é assim, algo não estava a ir bem nos últimos dias, termino da pior maneira mas é preciso seguir em frente e em breve voltaremos a competir.”