Maverick Viñales vive o momento mais complicado da sua carreira desde que chegou à Yamaha. O piloto espanhol, que não quer mais contar com Ramon Forcada como responsável pela sua equipa técnica, não consegue alcançar resultados positivos e no último fim de semana perdeu mesmo o terceiro lugar do campeonato.

No GP da República Checa, não foi além do 12.º lugar na grelha de partida para a corrida do último domingo, onde não passou da terceira curva depois de um acidente com Stefan Bradl e Bradley Smith.

O pesadelo sem fim de Viñales já mereceu um comentário do seu companheiro de equipa, Valentino Rossi, para quem a falta de experiência para manter a calma é a principal razão para a situação inesperada que vive o piloto espanhol.

“Não sou eu que tenho de falar de certas coisas. Apenas posso dizer que o Maverick é um piloto muito forte e que encontra-se numa situação inesperada. Encontrou uma moto menos competitiva e em alguns momentos e não tem a experiência necessária para manter a calma. Claro que a motivação é diferente sabendo que está em jogo a vitória ou um quinto lugar. Penso que a Yamaha só tem de dar uma moto mais rápidas ao Maverick para que ele volte a ser competitivo”, afirmou Valentino Rossi em declarações à «Marca».